terça-feira, setembro 07, 2010

Dia 13 – Um livro de ficção

""Você já pensou que num baralho existem muitas cartas de copas e de ouros, outras tantas de espadas e de paus, mas que existe apenas um curinga?", pergunta à sua mãe certa vez a jovem protagonista de O mundo de Sofia.
Esse é o ponto de partida deste outro livro de Jostein Gaarder, a história de um garoto chamado Hans-Thomas e seu pai, que cruzam a Europa, da Noruega à Grécia, à procura da mulher que os deixou oito anos antes. No meio da viagem, um livro misterioso desencadeia uma narrativa paralela, em que mitos gregos, maldições de família, náufragos e cartas de baralho que ganham vida transformam a viagem de Hans-Thomas numa autêntica iniciação à busca do conhecimento - ou à filosofia."


A Alice já falou desse livro aqui, e eu repito a recomendação. O Dia do Curinga é, sem sombra de dúvida, o melhor livro que eu já li. É um livro de 364 páginas, que dá pra ler num "tapa". É intrigante, desafiador, engraçado, interessante... Ímpar. :o)







3 comentários:

Anônimo disse...

Recomendo: "O sol é para todos" de Harper Lee.

O dia do Coringa é muito bom, também gostei!

PS: Será que lembrarás de mim, "abacaxi"?

uahuahuahuahuahau

Fê disse...

Meu Deus, duas sugestões??? Então, tô indo lá comprar.. e manda o macarronada acima se identificar!

Gabriel disse...

Puta livro. Já li 2x.